O que o voluntariado pode fazer pelo tradutor?

No post que escrevi no ano passado chamado Quem trabalha de graça é… tradutor?, comentei que uma boa maneira de ganhar experiência é traduzir voluntariamente para ONGs e entidades, por exemplo. Afinal, como eu disse: trabalhar de graça pressupõe trabalhar para alguém que pode lhe pagar, mas simplesmente não quer fazê-lo. Fazer trabalho voluntário é ajudar alguém usando de alguma habilidade sua, no caso, traduzir.

Já faz um tempo li o artigo Cidadãos podem fazer trabalho voluntário pela internet e achei que vem muito bem a calhar para os iniciantes que querem começar de alguma maneira a atuar na área. O artigo cita a tradução como um dos ramos possíveis de se trabalhar como voluntário sem precisar sair de casa (esquema que nós, tradutores, conhecemos bem).

Destaco aqui alguns aspectos citados que se encaixam no perfil e no dia-a-dia do tradutor. Mesmo assim, não deixem de ler o artigo completo. Há muitas outras dicas lá, inclusive de como conseguir trabalhos voluntários.

Da mesma forma que em um trabalho remunerado, o voluntariado pela internet exige diversas qualidades: “Disciplina com os horários para realizar o trabalho, pontualidade na entrega do trabalho e, acima de tudo, ter habilidade de se comunicar claramente com a organização e com o seu grupo ou parceiro de trabalho”, aponta Alessandra Chorski.

A pedagoga Daniela Silva, que há um ano e oito meses realiza voluntariado online, conta que esse tipo de trabalho também beneficia profissionalmente quem o pratica. “(…) o voluntariado é uma excelente ferramenta de desenvolvimento, que merece destaque no currículo, pois promove mudanças benéficas de atitudes e novas competências, como trabalho em equipe, capacidade de gestão, planejamento e organização, proatividade, comunicação assertiva, entre outras”, completa a pedagoga.

São muitas as qualidades que o aspirante a tradutor pode adquirir sendo voluntário, ainda que ele tenha outra atividade remunerada. Além de ajudar, ainda ganha experiência profissional e desenvolve características essenciais ao profissional de tradução. Todo tradutor deve ter em mente as exigências citadas por Alessandra Chorski e os benefícios profissionais que o voluntariado pode trazer, indicados por Daniela Silva. Serão pontos essenciais de sua vida profissional, seja em atividades voluntárias ou em trabalhos remunerados.

Anúncios

Tags:, , ,

Contribua para a discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: