Começando a me organizar I

Hoje começa uma série de artigos que vai durar a semana toda! Vou contar um pouco sobre o que tenho feito para mudar minha rotina pessoal e profissional e, assim, estar mais estruturada (inclusive mentalmente) para quando o bebê nascer. Espero que possam aproveitar algumas coisas que tenho feito para melhorarem a rotina de vocês também.

Finalmente, a vontade de mudar

Desde que engravidei, venho pensando muito em como minha organização estava deficiente. Na verdade, já pensava nisso antes, porém a preguiça vencia sempre que eu tentava me planejar melhor. Mas, quando a gente se dá conta que vai ser mãe, a perspectiva é outra. E as perguntas começam a rondar a cabeça: como conciliar maternidade, vida profissional, vida conjugal e tudo o mais? Ter somente o mínimo de organização já não é mais o suficiente!

Minha mentalidade mudou num clique (ou melhor, num teste positivo 😉 ). Com foco primeiro no profissional, rascunhei uma pequena lista do que estava bom na minha rotina de trabalho e do que precisava melhorar. Ela saiu assim:

O QUE ESTÁ BOM:

– acordar e fazer as refeições sempre no mesmo horário;
– não me distrair com televisão, rádio etc.;
– não trabalhar aos domingos;
– não trocar o dia pela noite;
– ter local definido para trabalhar, com as coisas de que preciso.

O QUE ESTÁ RUIM:

– não saber qual meu horário mais produtivo (uns dias é de manhã, outros à tarde…);
– falta de concentração, agravada por leituras na internet e redes sociais;
– demorar mais tempo do que devo para fazer minhas tarefas;
– tentar ser multitarefas, mas não concluir realmente as tarefas;
– protelar o que poderia ser feito na hora.

A partir daí, já deu para começar a pensar em como melhorar meu dia-a-dia. Não somente o profissional, mas partindo dele, porque trabalhando em casa as coisas fazem parte de um todo. Foi um passo importante colocar isso no papel e encarar com seriedade as minhas deficiências. É o tipo de avaliação para se fazer de tempos em tempos, não apenas uma vez, e eu sugiro que você faça também. Aliás, não espere a maternidade ou paternidade para isso. É como diz a moça aí embaixo: apenas comece!

Amanhã vou falar sobre as primeiras resoluções para melhorar o lado ruim da lista. Até lá!

Anúncios

Tags:, ,

6 responses to “Começando a me organizar I”

  1. LUCIANA says :

    LO, ACHEI O MÁXIMO, VOU TE ACOMPANHAR, APESAR DE SER ORGANIZADA, AS VEZES COMEÇO E NÃO TERMINO, MAS ACHO QUE É NORMAL,KKKK. BJS.

    • betesbc says :

      Oi, Lorena. Que bom que você está partilhando esse momento conosco. Como estou em início de carreira, aprender a me organizar é indispensável para uma trajetória consistente. Vou acompanhar todos os posts, com certeza. Bjks

  2. Lorena Leandro says :

    Oi Lu, oi Bete! Bom ver vocês acompanhando a série. Acho que o tema organização nunca acaba, sempre tem algo que a gente pode fazer pra melhorar! Bjs!

  3. Debora Dumphreys says :

    Lorena:
    Parabéns pela iniciativa do blog e a gentileza de compartilhar seus conhecimentos e experiências com a gente! Sucesso pra ti!
    Beijos.

Contribua para a discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: