Como foi o V ProZ (IV): depoimento da Amanda sobre voluntariado

*por Amanda Sampaio Mendasoli

Há tempos eu queria participar de um evento da nossa área, mas a minha agenda não deixava. Depois de perder algumas oportunidades, decidi que iria à Conferência do ProZ e pronto. Eu já havia participado de dois outros eventos desse tipo no começo da faculdade, mas não tinha conhecimento nenhum na área e tudo o que aprendi ficou meio solto, pois nada se encaixava no meu momento profissional e acabei ficando perdida em meio a tanta informação nova.

Logo que a página da conferência entrou no ar, corri para ver as informações e vi que eles precisavam de alguns voluntários que ajudassem durante o evento. A oportunidade de ser voluntária chamou a minha atenção. Como voluntária, as chances de eu ficar tímida em um canto sem interagir com as pessoas eram nulas e, como benefício, a organização ainda oferecia a isenção na taxa de inscrição. Depois disso, passei por um processo de seleção: enviei meu currículo e uma carta de apresentação para a Milktrados e passei por uma entrevista por Skype. Depois de algum tempo, a Nina entrou em contato dizendo que eu estava selecionada para fazer parte da equipe de apoio.

Eu cheguei a falar mais de uma vez que o voluntariado era uma troca: eu trabalharia no apoio da conferência, mas teria um incentivo financeiro (a isenção da taxa de inscrição) e ainda poderia aprender com as palestras. Acabei descobrindo que eu estava errada; a experiência foi muito mais do que isso. Aproveitei muito mais esse evento do que aqueles do início da faculdade. Aprendi demais com as palestras, conheci pessoalmente tradutores que antes eram só carinhas do Facebook, tive contato com pessoas que não conhecia e trabalhei com uma equipe maravilhosa. Tudo isso fez com que eu me empenhasse ainda mais nas tarefas que recebi e trabalhasse contente.

Ainda estou sentindo o efeito das novas ideias que foram plantadas durante aquele fim de semana e já dei início a uma revolução profissional. Então, o que posso dizer com certeza é que vale muito a pena ir a eventos profissionais como esse e que ser voluntário é excelente para quem quer participar, mas precisa ficar de olho no orçamento. Por outro lado, ser voluntário só é uma boa opção para aqueles que pretendem ajudar de verdade e estão dispostos a se doar para que o evento seja um sucesso.

Anúncios

Tags:, ,

Contribua para a discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: